Single Blog Title

This is a single blog caption

Vasco para na trave no último minuto e fica no empate com o Grêmio em São Januário

Vasco para na trave no último minuto e fica no empate com o Grêmio em São Januário
Jogo com casa cheia é marcado por muitos cartões amarelos e algumas chances para os dois lados

O que rolou em São Januário
A torcida do Vasco foi em grande número a São Januário, cantou do início ao fim, mas viu a equipe parar na trave no último minuto em chute de Palacios e ficar no empate em 0 a 0 com o Grêmio nesta quinta-feira, pela décima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O clássico nacional ficou marcado por algumas chances de gol e por vários cartões amarelos, foram oito no total.

Algumas chances de gol, muita reclamação com a arbitragem e cinco cartões amarelos por lances mais duros. Assim foi o primeiro tempo em São Januário, com o Vasco mais atento nos primeiros momentos, com uma boa chance em chute de Nenê que foi defendido por Brenno. Depois, o time visitante conseguiu alguns bons lances e ficou perto de abrir o placar. Em uma das jogadas de perigo saiu um belo chute de Thiago Santos após tabela com Diego Souza. A bola passou perto da trave. Em outra, Biel chutou para uma linda defesa de Thiago. Com jogadores nervosos, muita confusão e jogo parado. O Vasco levou quatro cartões amarelos, contra um do adversário. Com o apito final, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira foi cobrado pelos dois lados, além dos torcedores. Que protestaram na arquibancada.

O segundo tempo teve o Vasco buscando mais o ataque, mas errando nas decisões finais. Em muitos casos, o último passe perto da área acabou atrapalhando as chegadas do time de Zé Ricardo. No Grêmio, Roger Machado tentou dar mais fôlego e movimentação com algumas mudanças, mas teve pouca produção ofensiva. Com o passar do tempo, o ponto fora de casa foi se tornando uma alternativa interessante. E esse ponto quase foi por água abaixo no último minuto, quando Palacios recebeu de Gabriel Pec, soltou a bomba, a bola ainda teve um leve desvio no goleiro Brenno, e acertou o travessão. No fim do jogo, Palacios deixou o campo chorando pela oportunidade que perdeu, mas recebeu o apoio dos companheiros.

 

Leave a Reply